7 passos para perder o medo de se relacionar

7 passos para perder o medo de se relacionar
02.07.2018 Clarissa Assumpção
medo de relacionamento

Ter medo de se relacionar pode ser algo motivado por vários fatores: experiências que deram errado, carreira que gera uma rotina muito atribulada e não deixa tempo para conhecer novas pessoas, a dedicação com os filhos, insegurança e tantas coisas mais.

medo

Créditos: Giphy e Doctor Who (série de TV).

O Estudo dos Solteiros, realizado pelo Match Group LatAm – detentor dos principais aplicativos e sites de relacionamento da América Latina, como ParPerfeito, OurTime, Femme, Divino Amor, SingleParentMeet e G Encontros, perguntou para mais de 5.200 solteiros: qual é o seu maior receio ao iniciar um relacionamento? A maioria afirma que sente medo do relacionamento não ser o que eles esperavam.

Não tenha medo de errar.

Não podemos prever o que vai acontecer quando se inicia uma relação. Com o passar do tempo vai aumentando o nosso medo de errar, e, esse medo de errar ou falhar vai consumindo um espaço que poderia ser de prazeres, experiências, vivências, e por que não de erros? Eles acontecem, nem sempre podemos evitá-los. Conviver com isso nos torna mais fortes e maduros. Tudo é um processo de aprendizado. Um novo relacionamento pode trazer um refresco e tornar a vida mais gostosa. Pensando nisso, tenho algumas dicas que podem ajudar quem está em busca de uma nova relação, mas está enfrentando dificuldades pelo medo do que pode acontecer ao assumir um relacionamento sério:

  1. Esteja bem consigo mesmo (a)

    Se você está com baixa autoestima, problemas emocionais ou qualquer outra coisa que esteja te impedindo de se amar, você não conseguirá amar o outro. Resolva seus problemas internos e, assim, terá espaço para um novo amor.

  2. Confie em você

     

    medo, confiança

    Créditos: Giphy e Beyoncé (cantora).

    Muitas vezes, as pessoas não começam uma nova relação porque não se acham o suficiente para estar ao lado de outra pessoa. Se alguém está interessado ou curtindo você, significa que você é o suficiente e isso basta. Você precisa enxergar o seu valor.

  3. E a minha carreira?

    Continua normal, pois é possível se relacionar com alguém e ser bem-sucedido (a). Deixe claro para a pessoa que você tem a sua rotina, como funciona seu trabalho e todos os detalhes necessários para demonstrar que a profissão não é um empecilho. Em paralelo a isso, só é preciso tomar cuidado para não esquecer que dar atenção para a pessoa amada é essencial. Por isso, invista na sua carreira, mas não deixe o outro (a) de lado.

  4. Filhos

    Ter um ou mais filhos também não é motivo para não se relacionar. Seja honesto (a) com o parceiro (a). Se algum pretendente se assustar por isso, essa não é a pessoa para você. E, com os filhos é importante ter uma conversa e explicar que pretende ter um relacionamento e eles entenderão! Eles querem que você seja feliz e se conhecer alguém legal, será uma grande soma para a família.

  5. Conheça bem as pessoas

    Saber o nome e a profissão não é o suficiente para conhecer alguém. Invista em encontros e tente conhecer as experiências que aquela pessoa viveu, sua personalidade, seus valores e todos os detalhes possíveis para se sentir mais confiante na hora que decidir tornar a relação séria.

  6. Tenha foco

    O medo de ter um relacionamento acabou e agora está decidida a buscar uma pessoa? Pense muito bem em quem você quer ter ao seu lado. Você pode até fazer uma lista sobre o que é essencial para você. Defina bem os valores que essa pessoa tem que ter e até mesmo coisas que não gostaria de jeito nenhum. Fazendo isso, as chances de conquistar um par perfeito são maiores e evita conflitos.

  7. Se não der certo…

     

    medo, superar

    Legenda: Siga em frente. Deixe para lá.  / Créditos: Giphy e Britney Spears (cantora).

    Tente outra vez com uma nova pessoa, pois as pessoas não são iguais. Não projete relações passadas em uma nova experiência. Siga em frente e esteja aberto para o que pode surgir.

Clarissa Assumpção
Diretora de marketing do Match Group LatAm, empresa detentora do ParPerfeito.

0 Comentários

Deixar uma resposta