Como ter um relacionamento saudável?

Como ter um relacionamento saudável?
25.04.2017 Marina Mellhem
relacionamento saudável

Você sabe como ter um relacionamento saudável?

Viver junto com outra pessoa não é uma tarefa fácil. Em um namoro geralmente as pessoas se veem com menos frequência e costumam partilhar apenas momentos de lazer e diversão. Os finais de semana são maravilhosos! Vocês só se encontram bem arrumados, a conversa é empolgante e os beijos, de cinema. No casamento é um pouco diferente.

O que acontece é que na convivência apresentam-se claramente todas as qualidades do seu companheiro, mas os defeitos… ah, esses sim parecem que se multiplicam! A rotina de um relacionamento pode causar problemas na comunicação, desentendimentos e desgastes, ocasionando muitas vezes em um término precoce.

Pensando nisso, preparei 4 dicas para vocês que estão precisando de uma ajudinha na hora de ter um relacionamento mais saudável.

Estão preparados? 1, 2, 3 e já!

  1. Preste atenção em suas atitudes e nas atitudes de seu parceiro.

    Muitas vezes na correria de trabalho, casa, contas, afazeres etc, não arrumamos tempo para pensar sobre nossa rotina e, consequentemente, sobre como podemos melhorá-la. Minha dica é: Separe alguns minutos do seu dia para listar o que poderia ter sido melhor naquele dia para vocês, como um casal. Perceba que a falta de tempo nos obriga a colocar prioridades em nossas tarefas e, que se não encaixarmos nosso companheiro nesse turbilhão de coisas, já era. Lembre-se que o relacionamento a dois é um trabalho diário, onde precisa-se cultivar bons sentimentos e ações para colher bons frutos. E não se esqueça: esse processo é uma via de mão dupla. Sabe aquele ditado “não espere colher morango se plantou chuchu”? É mais ou menos por aí. Às vezes cobramos atitudes demais do nosso parceiro e esquecemos de cobrar a nós mesmos. Pergunte-se diariamente sobre o que vocês poderiam melhorar e leve isso a ele. Diálogo e honestidade são à base de tudo!

  2. Pense se realmente vale a pena discutir por determinados assuntos.

    A toalha molhada em cima da cama pode render muitas discussões desnecessárias, é verdade. Mas é melhor pontuar aquilo que não lhe agrada, procurando sempre uma maneira de fazê-lo perceber que a vida a dois é uma troca: todas as tarefas que você não fizer em casa, seu parceiro terá de fazer.

  3. Preste mais atenção na comunicação de vocês.

    Tão importante quanto o que se fala é a maneira que se fala. Muitas vezes podemos evitar conflitos se pensarmos melhor na forma de nos expressarmos. Sabedoria é a palavra da vez! Há sempre o momento certo de falar, mas também o de calar e ouvir.

  4. Por último, mas não menos importante: enxergue o seu companheiro como um ser humano, que está em processo de evolução e aprendizagem assim como você.

    Estamos habituados a enaltecer os defeitos do outro e esquecer de suas qualidades. Respire fundo. Convivência é sempre difícil, ninguém nasce com manual de instrução. Quantas vezes não sabemos lidar nem com nós mesmos? Agora imagine só lidar com o outro. Perdoe! A felicidade se faz presente quando enxergamos os erros e aprendemos com eles, concentrando-nos em fazer melhor da próxima vez.

Acredite: em um relacionamento onde os dois se esforçam para fazer dar certo, sempre há motivos tentar uma próxima vez.

 

Marina Mellhem
Jornalista e analista de atendimento do Match Group Latam. Apaixonada por comunicação e que acredita, acima de tudo, no amor.

1 Comentário

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*