Como perceber se o seu pretendente está realmente querendo algo com você, em 10 passos.

Como perceber se o seu pretendente está realmente querendo algo com você, em 10 passos.
29.09.2017 Rafaela Guimarães
pretendente está querendo algo

Como perceber se o seu pretendente está querendo algo?

Bom, vamos lá. Tudo começa com nosso queridinho “Oi tudo bem, de onde você fala?” certo? Papo vai, papo vem, começam a trocar mais e mais mensagens dentro do site, até resolverem que é bom cada um ter o número de contato pessoal, para, justamente, se conhecerem melhor e ter uma boa disponibilidade para o papo fluir, para interagir mais, conseguir trocar umas fotos do seu cotidiano, e ver no que dá!

Mas a troca de telefone, é um passo simples e bastante comum!

Com isso, fique alerta, porque não é só pegar o número do seu pretendente, que você já fisgou o seu coração! Ainda precisa de muita estratégia e muita conversa para sair tudo como o planejado, e arranjar seu ParParfeito!

pretendente está querendo algo, a pequena sereia

Crédito: Giphy e A Pequena Sereia

(Se você responder mais “não” do que “sim”, ative o Seja Top e seja feliz! Não tenha medo!)

  1. Ele te procura?

    Tenta encontrar assuntos legais que possam interagir e aumentar a conversa de vocês? Faz o papo fluir? Pergunta da sua vida, como foi seu dia, se seu chefe está pegando no seu pé, se o café estava bom ou até mesmo, o que você almoçou?

  1. Qual é a frequência que vocês se falam?

    Mais de uma hora por dia? Duas, três? Não largam o telefone um segundo e toda hora trocam mensagens, ou ficam mais de três dias sem uma comunicação? Você vê que a pessoa está online e nada?

  1. Ele te chama para sair?

    Sempre está dando ideias para te apresentar novos lugares, novos ambientes, novos locais? E se sim, larga o celular para conversar com você, ou fica digitando durante o encontro inteiro, fazendo com que você repare toda a decoração do restaurante, os pratos, os talheres e a roupa que todos estão usando?

  1. É de costume ele “desaparecer”?

    E, depois, inventar uma historinha que ficou sem bateria, ou esqueceu o celular na casa do amigo, que o carregador quebrou e que não pôde te dar um esclarecimento, porque ainda não gravou seu celular?

  1. Ele já te chamou para um barzinho, no intuito de você conhecer os amigos dele?

    Porque amigos são as pessoas que mais nos identificamos, então é natural que ele queira te encaixar no mundo dele. E se você foi, ele te deu atenção, ou só comentou de futebol, MMA e de coisas que todos vivenciaram juntos no passado, te fazendo “boiar” no assunto e perguntar “O que estou fazendo aqui?”

  1. A família dele sabe da sua existência?

    Mãe, pai, avós… Já foi apresentada? E COMO foi apresentada? Pelo nome, por “essa é minha amiga”, “essa é minha namorada”, ou ele nem disse como você se chama?

  1. Você fica com a conversa dele aberta?

    Procurando alguma coisa de interessante, para falar “Já olhou como o céu está azul hoje?!”, porque você mandou uma mensagem (ou mais de uma, sejamos sinceros, isso acontece!) no dia anterior – que foi visualizada e não respondida.

  1. Final de semana! Cada um por si, ou rola um encontrinho básico?

    Rola aquele “E aí, quais seus planos para o final de semana? Vai ficar em casa vendo filmes, vai sair com suas amigas?” Ou “O que você acha que podemos fazer nesse final de semana?”

  1. Quando você manda uma mensagem, ele visualiza e te responde muitas horas depois?

    Ou deixa para falar com você quando estiver livre (porque, né, ninguém vive 24 horas no celular)?

  1. ELE TE LIGA?!

    Hoje, ligação é prova de amor. Se ele te liga, acho bom começar a procurar a casa de festas e vestido de noiva.

Veja seu percentual e avalie. Tá interessado?! Continue! Se não, vamos tentar de novo!

A vida é uma só e temos que aproveitar e, principalmente, estar ao lado de quem nos quer bem!

pretendente está querendo algo, bob esponja

Crédito: Giphy e Bob Esponja.

Carpe Diem! 

Rafaela Guimarães
Escritora e jornalista, viciada em livros, séries, cultura Geek e café. Eternamente apaixonada pelo que as palavras proporcionam.

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*