5 Personalidades do Movimento LGBTQI+ #DiaInternacionalContraAHomofobia

5 Personalidades do Movimento LGBTQI+ #DiaInternacionalContraAHomofobia
17.05.2019 Igor Gonçalves

É lacre que você quer, @?

Em comemoração ao Dia Internacional contra a homofobia, destacamos aqui no blog 5 personalidades da Comunidade LGBTQI+ que lutam pela causa!

Confira:

 

Daniela Mercury

    Fonte: Gazeta Online

A “Rainha do Axé”, como foi intitulada ao longo dos 25 anos de carreira, falou abertamente pela primeira vez sobre a sua orientação sexual no ano de 2013. Daniela já estampou capas de revistas renomadas expondo o seu relacionamento, enfrentando discursos de ódio dos mais variados tipos e níveis. Ativa nas redes sociais e com
postagens a favor da liberdade, participou de uma campanha da ONU contra a homofobia.
“Casar com uma mulher é viver igualdade de direitos, e isso é muito desafiador e enriquecedor. Se não vivêssemos em um mundo que só aprova a heterossexualidade, onde só os heterossexuais são considerados normais e só por isso têm mais poder, […] todos viveriam relações mais ricas e desafiadoras como a minha com Malu”, publicou
a cantora no Dia Internacional Contra a Homofobia.

Linn da quebrada

Fonte: Notícias Ao Minuto

Bicha, trans, preta e periférica. Ela faz da música, especificamente do gênero funk, um instrumento para a transformação social: Munida de letras políticas, fortes e dançantes, o show da Linn é uma mistura de protesto, artes visuais e muita dança.

“Não se trata só de união, mas também de combate, de terror, de evidenciar no clipe uma violência simbólica. Nas ruas e nos corpos, a violência é física, real e material”, diz a artista

 

Toni Reis

Fonte: Guia Gay SP

Professor, ativista pelos direitos humanos e pela educação pública de qualidade. é defensor da causa LGBTQI desde meados da década de 80. Em 1995 foi um dos fundadores da ABGLT (Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais), além de ter sido presidente da associação 3 vezes no decorrer dos últimos 21 anos.

“Precisamos conversar com a sociedade para desfazer preconceitos e já avançamos muito… E sei que antigamente não existia condições sociais para assumir a homossexualidade”.

 

Pabllo Vittar

Fonte: Stars Insider Brasil

Phabullo Rodrigues da Silva, mais conhecida como Pabllo Vittar, é uma cantora que ocupa o lugar de drag queen de maior sucesso atualmente no Brasil, sendo reconhecida até mesmo internacionalmente. As letras, em sua maioria, abordam a temática de relacionamentos, amor e possuem ritmo dançante.

Recentemente, estampou a capa da revista mais famosa da Inglaterra “Gay Times”, na qual falou um pouco sobre sua trajetória, ideologia e representatividade em um país como o Brasil, que possui a maior taxa de homicídios registrados de pessoas LGBTQ no mundo. Agora Pabllo Vittar foi longe demais!

 

Marielle Franco

Fonte: Veja

Lésbica, negra, nascida em comunidade carente do Rio de Janeiro. Filiada ao Partido Socialismo e Liberdade, foi eleita a vereadora da Câmera do Rio de Janeiro com 46.502 votos. Feminista e grande defensora dos direitos humanos. Tentaram calar a sua voz e este foi o maior erro, pois foi justamente com seu assassinato em Março de 2018, que se evidenciou a urgência de sua história de luta.

A história de Marielle ganhou o mundo, seu rosto estampou atos e debates, além de inspirar a comunidade LGBTQI a lutar contra o preconceito e discriminação ainda latentes em nossa sociedade.

 

A homofobia é uma violação dos Direitos Humanos, expressão e liberdade individual, consolidando um comportamento discriminatório.

É graças à personalidades com histórias inspiradoras como essas que o movimento LGBTQI+ ganha mais força a cada dia!

Viva a diversidade! Que sejam respeitadas todas as formas de amor! <3

Igor Gonçalves
Estudante de Administração Pública, Gestão de Recursos Humanos e estagiário do SAC. Apaixonado por séries, cinema, teatro e dança. Acredita que a vida é um eco e que você recebe o que emite.

0 Comentários

Deixar uma resposta