7 dicas para recomeçar depois de uma desilusão amorosa

7 dicas para recomeçar depois de uma desilusão amorosa
05.12.2017 Rosana Braga
desilusão amorosa

7 dicas para recomeçar depois de uma desilusão amorosa

desilusão amorosa

Créditos: Giphy e Ugly Betty (série de TV).

  1. Você merece uma nova chance.

    Não se trata de dar uma chance para o ex ou para uma pessoa nova. Trata-se de dar uma nova chance a você. Todo mundo está sujeito a sofrer uma decepção amorosa. Mas isso não pode ser motivo para se tornar uma pessoa amargurada e que não acredita no amor. Isso é desculpa de quem está morrendo de medo de sofrer de novo. Só que não se dar uma nova chance é sofrimento na certa!

O amor próprio deve ser uma prioridade!

Como melhorar a autoestima?

  1. Não compare as pessoas.

    Você certamente não gostaria de ser comparado com outra pessoa. Ninguém gosta. Somos únicos e em constante mudança. Por isso, pare com isso de dizer que homem é tudo igual ou que são as mulheres que nunca valem a pena. Abra os olhos e os ouvidos e surpreenda-se com quanta gente bacana no mundo. Uma hora dessas, sua “cara metade” vai aparecer.

  2. Toda desilusão põe fim a uma ilusão.

    Sofreu uma desilusão? Saiba que tem um lado muito bom nisso! Você finalmente saiu da ilusão em que tinha entrado. Se a pessoa não era o que você imaginava, então foi tarde. Agradeça ao universo por ter te dado a chance de se livrar de alguém que não estava em sintonia com você. Agora, é partir pra outra e se lembrar de que o amor não vem com certificado de garantia.

  3. Tire uma lição da sua dor. 

    Toda vez que a gente sofre, ganha uma oportunidade imperdível: a de aprender uma grande lição. Porque a dor revela que fizemos um investimento, seja de afeto ou de qualquer outro sentimento, e o resultado não foi o esperado. Mas a responsabilidade nunca é somente de um dos envolvidos. Por isso, tente perceber o que você poderia ter feito melhor ou de um outro jeito. E fique com o aprendizado.

  4. Desapegue-se do passado. 

    De nada vai adiantar ficar puxando uma carroça cheia de tristeza, mágoa e desilusão. Aliás, só vai servir pra você se tornar uma pessoa pesada, tensa, desagradável e desinteressante. Abra mão do passado, do que não serve pra mais nada. Esvazie seu coração, lave a alma, tome um banho de positividade, abundância e amor… e terminará se dando conta de que o melhor está por vir.

  5. Aposte no amor que você pode dar.

    Em vez de focar seus pensamentos e suas palavras no que você acredita que o outro não pode te dar, foque toda a sua energia no amor que você está disposto a compartilhar. No amor que você deseja viver. Lembre-se de que você pode escolher ou ser escolhido, mas o que vai contar mesmo para a sua realização é que você tem a oferecer.

  6. Quem fica parado é poste.

    Essa é uma sacada genial de um grande colunista. Você não é um poste. Você é gente. E gente anda pra frente. A vida anda pra frente. Não há amor nem no passado e nem no futuro. Só agora. É o que é. Então, abra mão de histórias falidas e romances no estilo tragédia grega. Não deu certo? Muito bem! Viva seu processo de luto e tristeza, mas lembre-se de que ele precisa ter fim. Você precisa se colocar em movimento e viver. Viver de verdade. Porque só assim o amor pode acontecer mais uma vez! E dessa vez, pode valer muito a pena!

desilusão amorosa

Créditos: Giphy e Romeu e Julieta (filme).

Rosana Braga
Psicóloga, Escritora, Jornalista e Palestrante. Pós graduada em Educação Sexual. Autora dos livros Quem Ama, Mostra, Faça o Amor Valer a Pena e O Poder da Gentileza.

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*