É possível ter liberdade em um relacionamento?

É possível ter liberdade em um relacionamento?
20.05.2017 Marina Mellhem
liberdade no relacionamento

Ao contrário do que muitos pensam, namoro e liberdade podem sim andar juntos e transformar o relacionamento em algo prazeroso para os dois.

O grande problema acontece quando confundimos namoro com aprisionamento e tornamos o relacionamento em uma obrigação. Existe uma série de elementos que podem causar a sensação de que o namoro é uma obrigação, mas me arrisco a dizer que talvez o maior deles seja a falta de liberdade. Isso se torna um grande empecilho na hora das pessoas decidirem assumir um compromisso sério ou não.

Quando estamos solteiros sempre ficamos rodeados de amigos, a agenda dos finais de semana fica cheia e 24h parecem pouco para tantos compromissos, não é mesmo? A vida de solteiro vem acompanhada de uma sensação grande de liberdade para ser e fazer o que quiser, como quiser, sem satisfações ou cobranças. Quando começamos a namorar, a história fica um pouco diferente. Temos que, primeiramente, abrir mão da condição de solteiro, e isso significa dividir a atenção e compromissos com seu novo parceiro.

Assim como todas as escolhas que fazemos na vida, escolher ter um namoro sério traz inúmeros ganhos e, claro, perdas. Abrir mão da vida de solteiro implica em renunciar a falta de compromisso e entender que a partir desse momento os próximos passos serão pensados em dupla: desde a escolha do canal da televisão até os planos de terem filhos ou não. O difícil é conseguir entender que, mesmo em um namoro, as pessoas precisam de espaço e tempo para verem seus amigos ou familiares, saírem e se divertirem sem a companhia do parceiro.

Pensando nisso separei algumas dicas para manter o equilíbrio entre liberdade e compromisso em um relacionamento:

  1. Cuidado com os traumas de relacionamentos anteriores.

    Eles muitas vezes são responsáveis pela falta de confiança no parceiro e podem trazer problemas em momentos que a liberdade se faz necessária. Não é porque alguém no passado traiu sua confiança que seu parceiro o fará. Não existe liberdade sem confiança, ambos caminham de mãos dadas. A falta de qualquer uma das duas é capaz de acabar com qualquer relação.

  2. Atenção para a baixa autoestima.

    Não se sentir bem e feliz consigo mesmo pode trazer problemas para o namoro quando o assunto é confiança e liberdade. Acabamos assim por depositar no outro nossas frustrações e inseguranças, transformando momentos sem a pessoa amada em aborrecimento. Relaxe! O futebol de sábado à tarde e a saída com as amigas sexta-feira à noite fazem parte de um relacionamento feliz e prazeroso.

  3. Planeje programas sem o seu parceiro.

    Que tal propor o dia das meninas e dos meninos? Tire um dia na semana ou no mês para vocês verem seus amigos separadamente. Quando vocês se encontrarem novamente com certeza terão novos assuntos para compartilhar e muita risada para darem juntos.

  4. Goste de ficar sozinho.

    Ter alguém para compartilhar a vida é maravilhoso, mas lembre-se que antes de vocês serem dois, vocês são cada um. Ficar sozinho nos permite refletir sobre a vida, pensar com mais clareza sobre os problemas e encontrar a verdadeira paz interior. Até mesmo em um relacionamento é necessário estar sozinho em alguns momentos para encontrarmos a felicidade dentro de nós mesmos, sem a projetarmos no outro.

Lembre-se: a liberdade individual precisa ser preservada em todo e qualquer relacionamento. Nenhum namoro sobrevive sem liberdade. 

Um namoro com falta de liberdade, onde você não se sente à vontade para fazer o que gosta sem o seu parceiro, tem data de validade curta. Namoro é abrir mão e confiar. Se o seu relacionamento está passando por problemas neste quesito, lute para que liberdade e confiança comecem a fazer parte da vida de vocês. Relacionamento saudável e feliz é aquele que nenhum dos dois quer deixar de fazer parte.

Acredite: o amor une, acalma e harmoniza. Mas, acima de tudo, o amor liberta.

Marina Mellhem
Jornalista e analista de atendimento do Match Group Latam. Apaixonada por comunicação e que acredita, acima de tudo, no amor.

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*