Você tem toda razão: a sua mente cria a sua realidade.

Você tem toda razão: a sua mente cria a sua realidade.
17.05.2018 Ju Ferreira
razão

Você se considera uma pessoa otimista? Ou está sempre reclamando?

Você já ouviu dizer que os seus pensamentos criam a realidade que você vive? Vamos ver como isso acontece.

Henry Ford viveu de 1863 a 1947 e foi o fundador da Ford Motor Company, além de ter escrito dois livros e registrado mais de 150 patentes de suas invenções. Ele revolucionou a indústria automobilística ao aplicar a montagem em série dos automóveis para reduzir o tempo e custo da produção. Mas não é só por esses feitos que ele é conhecido. O empresário é também famoso por suas frases.

Uma das que mais me impactam é: “Se você pensa que pode ou se pensa que não pode, de qualquer forma você está certo”. Essa frase carrega um mundo de sabedoria em si. Ela fala de como nós podemos criar a nossa realidade. Vamos analisar a afirmação através de um exemplo.

Imagine por um momento uma pessoa 100% pessimista.

realidade

Legenda: Sem vida. Sem esperança. Sem futuro. / Créditos: Giphy e Daria (série de TV).

Já na hora de acordar ela se chateia por não ter mais uns minutinhos para dormir e reclama da sua vida difícil. Ela acaba levantando atrasada e tendo que fazer as coisas com pressa. Na cozinha, ao separar a comida que irá levar ao trabalho, esbarra na quina da mesa e sai de casa praguejando. Chega atrasada no trabalho e ao ouvir o sermão do chefe sobre a pontualidade e a excelência nos serviços, ela não presta atenção e faz pouco caso, mal-humorada.

Durante todo o dia essa pessoa fica sonhando em como seria sua vida perfeita: muito diferente do que é hoje, já que ela é tão azarada. Seus companheiros de trabalho lhe pedem ajuda para resolver um problema, mas ela nem lhes dá atenção, já que aquela não é sua responsabilidade. Naquele mesmo dia, um pouco mais tarde, o chefe reúne todo o departamento para informar que um colega seu havia sido promovido. Ela sai mais cedo, revoltada. Como é possível que esse colega tenha ganhado a promoção, se ele só está na empresa há poucos meses e ela já trabalha lá há anos e anos?

Essa pessoa sempre acreditou que nada em sua vida dava certo e esse dia só serviu para que ela tivesse certeza. Ou seja: ela acha que não pode, e ela tem toda a razão. A partir do momento em que ela define como verdade o pensamento de que “nada na sua vida dá certo”, o cérebro passa a buscar maneiras de confirmar aquela ideia, até porque não gostamos de estar errados e ter que contrariar as nossas certezas. Assim, passamos a buscar situações que comprovem a hipótese inicial, e o mais importante, passamos a agir de modo a estarmos certos. De que forma?

Vamos ver o caso da pessoa no nosso exemplo: ao achar que nada na vida dela dá certo, ela passa a ver cada situação como um problema e não como circunstância da vida.

O despertador tocando é um lembrete de que não é possível dormir mais, e como isso é um problema para essa pessoa, ela age de modo reativo, fazendo as coisas devagar e chegando atrasada (mais uma prova para o seu cérebro que nada na sua vida funciona). Não dá atenção para seu chefe e para seus colegas (até porque normalmente esse tipo de pensamento “nada na minha vida funciona” costuma ser seguido por outras crenças como “não sou bom o suficiente” ou “os outros são melhores do que eu”, ou outras do mesmo gênero), e não mostra o melhor de si, seu talento verdadeiro. Quando o colega é promovido, a pessoa no nosso exemplo não consegue entender que isso ocorreu porque o outro fez por merecer e que o mesmo pode acontecer com ela, se ela se esforçar e fizer as coisas de maneira diferente. Ela simplesmente entende aquela como mais uma prova cabal de que não pode, de que nada na sua vida dá certo.

Agora vejamos outro exemplo. O de uma pessoa que acredita que “tudo é possível”, e que “pode conseguir aquilo que quiser”.

realidade

Créditos: Giphy e Divertidamente (filme)

Mente sã, corpo são: Mais saúde todos os dias.

Dia Internacional da Felicidade: Para ser feliz hoje e sempre!

Na hora que seu despertador toca, ela abre os olhos e vê aquele dia como mais uma oportunidade de ir atrás do que quer. Levanta, toma banho e faz o café, tudo isso bem rapidinho, para ir para o trabalho no horário. Chegando lá, como é cedo, aproveita para estudar o último capítulo da aula de inglês e fazer a lição de casa. O chefe passa atrás dela, vê o que ela está fazendo e fica satisfeito, já que foi ele quem sugeriu o curso. Ao longo do dia, a pessoa faz seu trabalho e a cada vez que alguma coisa dá certo, ela fica mais feliz com como as coisas estão caminhando na sua vida.

Os colegas lhe pedem ajuda e ela fica muito contente em fazê-lo, já que aquilo evidentemente é uma prova de seu valor para a empresa e seu departamento. No final do dia o chefe a chama e diz que tem uma vaga para promove-la. O salário aumentará, mas como aponta o chefe, as responsabilidades também, e muito. “Não vai ser fácil”, diz ele. A pessoa fica radiante, diz ao chefe que aquilo é o que mais deseja, ter mais oportunidades e desafios. Está convencida de que o mundo é feito de infinitas possibilidades e que pode conseguir sucesso, se tentar com empenho o suficiente. O chefe então lhe dá a promoção, satisfeito com tudo o que viu e ouviu.

Essa pessoa acha que pode, e ela tem toda a razão. Seu cérebro – e todo o seu corpo e a sua alma – trabalham o tempo todo para comprovar a sua teoria. Suas ações geram resultados no sentido da sua crença original, e ela se fortalece a cada passo. A frase de Henry Ford é exata. Quer você acredite que pode ou quer acredite que não pode, você tem toda a razão!

Cabe a cada um escolher em que acreditar e viver a vida de acordo com isso.

E aí? O que você escolhe pra hoje? Vambora viver tudo de bom que há no mundo?

😊

Ju Ferreira
Especialista em desenvolvimento humano, criadora do programa Alquimia Pessoal. Apaixonada por inspirar e ajudar pessoas a conquistar a vida que sempre sonharam!

0 Comentários

Deixar uma resposta