Igualdade e respeito: cada dia mais!

Igualdade e respeito: cada dia mais!
10.01.2018 Pedro Azevedo
igualdade

Vivemos em mundo recheado de pessoas diferentes.

Essas diferenças estão em todos os níveis que se pode imaginar. Elas são físicas, como formato de corpo, cor da pele ou tipo de cabelo. Pessoais, como sexualidade e idade, ou sociais que tem haver com dinheiro, posição, status etc. É algo totalmente normal, vivemos em lugares diferentes, de formas diferentes e fazendo coisas e buscando coisas diferentes.

Sabemos que grande parte dos problemas que temos hoje diz respeito a essas diferenças entre as pessoas. Racismo, homofobia e discriminação estão entre os tantos problemas que nós temos enfrentado nos dias de hoje. Temos percebido que as pessoas tem uma certa deficiência em enxergar o próximo com igualdade e respeito.

Precisamos de igualdade, apesar das diferenças.

igualdade

Créditos: Giphy e Mighty Oak.

O que nos diferencia do próximo? Uma característica física? A forma de viver a vida? Pode ser que sim. Somos todos somos pessoas, com sentimentos, vontades e emoções. Nossas particularidades não nos fazem menos ou mais humanos que próximo. Sendo assim, por mais que tenhamos diferenças, precisamos nos tratar com igualdade. Tenho certeza que você não gostaria de sofrer um preconceito ou discriminação por algo que você gosta, ou pela forma como nasceu, então por que olhar diferente para o próximo?

Nós nunca vamos alcançar uma sociedade sem preconceitos se continuarmos nos vendo de forma diferente, se continuarmos setorizando as pessoas de acordo com quem ou como elas são e a maneira como vivem. O segredo para isso é tratar a todos com igualdade e respeito.

A base de tudo é o respeito.

igualdade

Legenda: Respeito. / Crédito: Giphy.

Por mais que você não goste ou não concorde com o outro, você tem a obrigação de respeitá-lo. Trate o próximo como você gostaria de ser tratado, pois você nunca sabe o que a vida pode te trazer. Seja bom, enxergue as diferenças como algo bom. Veja que as peculiaridades de cada um que tornam o nosso mundo colorido e diferente. Diferentes, mas iguais, essa é a beleza da coisa.

As suas características  não dizem quem você é, da mesma forma que as características do próximo não dizem quem ele é. A sua cor, seu cabelo, quem você ama não precisam te separar dos outros, e as pessoas que não se assemelham a você não deixam de ser seus iguais. A unidade faz a força e enquanto nós continuarmos separando as pessoas entre ”nós e eles” nosso mundo não vai pra frente.

Se veja no próximo, tenha empatia e simpatia. Veja cada pessoa como um universo próprio que pode contribuir muito na sua vida, que pode te transformar e te fazer enxergar coisas que você nunca imaginou serem possíveis. Ame, preste atenção, se veja em pé de igualdade com o próximo e o mais importante de tudo: respeite.

Pedro Azevedo
Jornalista em formação, blogueiro e estagiário do Match Group LatAm. Apaixonado, elétrico e um leitor compulsivo.

0 Comentários

Deixar uma resposta