Como lidar com a desconfiança?

Como lidar com a desconfiança?
13.11.2017 Clarissa Assumpção
como lidar com a desconfiança

A desconfiança é algo difícil de conviver.

Assim que ela entra em cena, tanto novos como antigos relacionamentos são fadados ao fracasso. Ela pode surgir da própria insegurança ou de problemas em relações passadas. Alguém que já foi traída (o) e não se curou pode viver com o medo de passar por isso novamente e espalhar essa insegurança em uma nova história, o que é muito perigoso para um relacionamento. Ainda mais quando isso é demonstrado claramente, provocando brigas, ou quando o silêncio se transforma em hábitos nada saudáveis, como vasculhar todas as redes sociais e mensagens do (a) parceiro (a).

Diante dessa situação, ambos sofrem e criam mágoas. O casal passa a viver em clima de tensão e, aos poucos, a desconfiança começa a envenenar o romance até acabar com ele completamente.

Nem sempre a desconfiança tem fundamento.

desconfiança

Créditos: Giphy.

Uma pesquisa realizada pelo ParPerfeito com 5.200 usuários de todo o país, aponta que o maior receio de 36% das mulheres e 33% dos homens solteiros é ser traído pelos seus futuros parceiros.

Embora o ciúme seja um sentimento natural, é necessário saber como lidar com ele para evitar situações desconfortáveis e desfechos ruins. Pessoas desconfiadas encontram sempre algo que justifique suas suspeitas. Por isso, respire fundo, se acalme e confira oito dicas para melhorar sua vida e acabar com a desconfiança:

  1. Vigie seus pensamentos:

Toda ação tem início no pensamento. Por isso, é por meio dele que a postura deve começar a mudar. Troque os pensamentos negativos por positivos, assim você se esforça para não alimentar ideias de insegurança e desconfiança.

  1. Faça três listas:

Confiar em si mesma (o) é o primeiro passo para se tornar uma pessoa mais segura de si. Por isso, escreva uma lista com as suas conquistas mais importantes, outra com o que você admira em você mesma (o). E para a terceira, peça a dois amigos ou familiares para escreverem o que admiram em você. Sempre que puder, leia essas três listas.

  1. Cuide da sua autoestima:

Atitudes simples, como um novo corte de cabelo ou uma mudança no visual, ajudam muito a melhorar a autoestima. Aumentando a autoconfiança se torna mais fácil confiar nos outros também.

  1. Faça novas amizades:

É sempre saudável manter suas antigas amizades e conhecer novas pessoas. Sair para encontrar pessoas queridas te afasta do isolamento e ajuda a fortalecer a autoestima.

  1. Exercite-se regularmente:

A prática de exercícios físicos libera a endorfina (conhecida como hormônio do bem-estar), eleva os níveis de energia e melhora o humor. Ajudando, assim, na autoconfiança.

  1. Mude a sua postura:

Ao começar um novo relacionamento evite fazer perguntas intermináveis sobre “quando a pessoa vai chegar” ou “o que a pessoa está fazendo em determinado momento”. Em vez disso, fale mais de si mesma (o), conte as atividades que está realizando e o que espera alcançar. Embora exija muito esforço, isso deve se tornar algo natural.

  1. Aprenda a lidar com a ansiedade e o estresse:

Na vida moderna há uma grande pressão em todas as tarefas cotidianas e é importante compreender como lidar com isso. É preciso evitar um acumulo de ansiedade e estresse que podem derrubar a sua autoestima. Por isso, analise o problema e pense em como resolvê-lo de uma maneira saudável. Algumas dicas são: organizar uma lista de prioridades das tarefas do dia a dia, evitar pessoas que só trazem estresse e administrar bem o seu tempo.

  1. Evite pessoas ou lugares que façam você se sentir mal:

Nem sempre isso é possível, mas é importante que você se proteja. Encontrar pessoas que façam você não se sentir bem não é saudável. Alimente relacionamentos leves e sua autoestima melhorará imensamente.

desconfiança

Créditos: Giphy.

Clarissa Assumpção
Diretora de marketing do Match Group LatAm, empresa detentora do ParPerfeito.

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*