As cantadas saíram de moda?

As cantadas saíram de moda?
09.10.2017 Clarissa Assumpção
cantadas

Você acha que as cantadas saíram de moda?

Algumas delas já viraram memes na internet, mas as cantadas também evoluem, assim como tudo na vida e continuam sendo uma ferramenta importante como estratégia para “quebrar o gelo” e puxar papo com a (o) paquera.

Uma pesquisa realizada pelo Match Group LatAm, detentor da marca ParPerfeito, convocou 1.358 solteiros para responderem como reagem às cantadas e quais são as que fazem mais sucesso nos sites e aplicativos de relacionamento.

O resultado é que as preferidas por homens e mulheres são as cantadas românticas e, normalmente, são também as que funcionam melhor na paquera online. A preferência por esse tipo de abordagem é de 39% do público feminino e 62% do masculino. Em segundo lugar, escolhida por 19% dos homens, está a cantada misteriosa, que deixa o interesse subtendido. Para elas, essa opção está empatada com as românticas, sendo que 39% delas escolheram essa alternativa. Somente 13% deles e 17% delas optam por uma tirada engraçada.

As mulheres estão mais confiantes!

cantadas, jennifer aniston

Créditos: Giphy e Cougar Town. (Série de TV)

Além disso, a pesquisa também mostra que as mulheres estão cada dia mais confiantes em dar o primeiro passo e iniciar uma conversa para demonstrar interesse. Dos homens entrevistados, 93% responderam que veem isso de forma positiva e são favoráveis a isso. Portanto, meninas, se estiver a fim dele pode deixar isso claro! Ele percebe logo de cara que você é uma mulher decidida e bem resolvida!

Cantadas machistas? Nunca mais!

cantadas

Créditos: Giphy.

A pesquisa do ParPerfeito deixa um importante alerta para os homens: fiquem atentos, pois cantadas machistas são inadmissíveis, queimam o filme e acabam com as chances de começar um bate-papo bacana.

Das entrevistadas, 63% não aceitam comentários com conotação sexual na hora de serem abordadas. Enquanto 15% delas odeiam que comentem algo sobre o corpo. Por fim, 12% não curtem as cantadas que brincam com visual e 10% as piadas com algum estereótipo.

Confira algumas dicas para, além de usar a cantada certa, se dar bem na hora de conhecer alguém:

  • A criatividade é a melhor aliada na hora de se aproximar da (o) paquera. Esqueça as frases prontas que já se tornaram ultrapassadas e invente você mesmo algo personalizado, levando em conta sempre o momento, o local e o que já sabe sobre a pessoa – caso já tenha alguma informação sobre amigos ou gostos em comum.
  • Faça elogios sinceros! Mas fique atento (a) para não se tornar repetitivo ou exagerado!
  • Para começar um bate-papo é sempre recomendado conversar sobre assuntos leves e evitar polêmicas até conhecer melhor a pessoa. Algumas sugestões de tema seriam perguntar sobre hobbies, comidas preferidas, lugar em que mora, etc.
  • Honestidade é muito importante. Não invente histórias sobre você ou sua vida para conquistar aquela pessoa especial. Afinal, mentira tem perna curta!
  • Aprenda a prestar atenção no que a outra pessoa diz. Você pode acabar descobrindo muitas coisas interessantes sobre ele(a) que simplesmente não imaginava. Além de também ter a chance de encontrar novos gostos em comum.
  • Relacionamentos passados nunca são um bom tópico de conversa com a (o) paquera atual. Por isso, deixe esse assunto na gaveta e se mostre aberto(a) para um novo amor.
  • Uma boa dose de confiança e autoestima são sempre bem-vindas! Só tome cuidado para não se exceder!
  • Você também pode aproveitar e treinar com as (os) amigas (os) até ganhar confiança para chegar naquela pessoa especial. Afinal, amigo é para essas coisas!

No fim, usar cantadas ou não é uma escolha pessoal, mas você não pode deixar de tentar abrir um diálogo com aquela pessoa que pode vir a ser seu grande amor! Use seu bom humor! Essa é sempre uma ferramenta que cria empatia quando utilizada da forma certa.

Clarissa Assumpção
Diretora de marketing do Match Group LatAm, empresa detentora do ParPerfeito.

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*