Relacionamentos Modernos: Interesse ou Desinteresse?

Relacionamentos Modernos: Interesse ou Desinteresse?
28.06.2017 Camila Correia
Relacionamentos Modernos

Você mostra quando está interessado em alguém? Ou você prefere mostrar desinteresse para parecer mais difícil?

Suponhamos que você esteja concorrendo a uma vaga de emprego disputadíssima, em um local que você sempre quis trabalhar. O que você faria para conseguir a vaga? Se dedicaria ou fingiria não estar interessado?

Parece ser uma comparação sem sentido, não é? Mas, não. Sabe por quê? Porque ninguém consegue nada demonstrando desinteresse. A falta de interesse nunca foi algo positivo, muito pelo contrário, sempre foi vista com maus olhos. Não seria diferente para os relacionamentos.

Os relacionamentos modernos estão baseados na disputa de quem se importa menos, quem liga menos. Atualmente, as pessoas estão vivendo em um mundo de ilusões, achando que demonstrando menos serão mais felizes, ou melhor, terão o poder nas mãos. O poder de perder momentos incríveis, o poder de não criar novas histórias, o poder de não conhecer pessoas fascinantes, o poder de não ter alguém para contar em todas as horas, o poder de não amar e ser amada.

A cultura do desapego fez com que as pessoas acreditassem que até o amor é descartável.

Elas se tornaram calculistas e esqueceram o que é ser autêntico. Uma surpresa, um presente inesperado. Nem pensar, dizer “eu te amo” é quase um atestado de óbito, demonstrações se resumiram a reações nas redes sociais e até os términos – um dos momentos mais complicados do relacionamento – são feitos por mensagens. Tudo se tornou impessoal, frio.

relacionamentos modernos, desapego

O relacionamento é fundamental ao ser humano e essencial ao seu desenvolvimento. Nós aprendemos com o outro a ser uma pessoa melhor a cada dia, a ser mais gentil, mais responsável, a ter uma preocupação maior com o próximo. A relação nos ensina que é maravilhoso conhecer as crenças, valores e manias do outro. Estimula nosso melhor lado. A alegria prevalece na maior parte do tempo. E quando os momentos difíceis chegam, ela nos ensina a ser mais fortes, mais racionais para juntos encontrarmos a melhor solução.

Não desista do amor.

Se este cenário atual dos relacionamentos modernos fizeram você desacreditar no amor, eu preciso te aconselhar a não desistir. Ainda existem pessoas que valem a pena, pessoas que te valorizam, que lutam para te ter na vida delas, que fariam qualquer coisa só para te ver sorrir. Ainda existe o amor de verdade. É preciso ter fé e jamais perder a esperança. Pois essa tal pessoa, o seu par perfeito, também está à procura de alguém que a faça feliz.

Todas as decepções e os erros serviram de aprendizado e crescimento pessoal. Nada é em vão. É preciso demonstrar interesse para perceberem o quão você é especial e está disposto a tentar, é preciso demonstrar para se destacar nesse grande mar de pessoas rasas. Se existe algo que você precisa se desapegar é desse medo de ser feliz.

Se permita sentir. Acredite no amor!

*Os GIFs usados neste artigo foram retirados do site Giphy.

Camila Correia
Jornalista. Estagiária de atendimento do Match Group Latam. Taurina. Apaixonada por chocolate, séries, viagens, tatuagem e, principalmente, apaixonada pelo amor e tudo o que ele tem a nos ensinar.

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*