Mais amor, por favor!

Mais amor, por favor!
27.11.2017 Bárbara Alessandra
amor

O amor é um dos sentimentos mais puros e verdadeiros que temos.

amor

Créditos: Giphy.

Ele se divide em vários estágios e situações, e ainda assim consegue ser íntegro em todas elas.

Você pode amar sua família, seu cachorro ou alguém que conheceu na fila do ônibus. Pode amar um filme, uma banda ou aquele livro que comprou só porque estava na promoção. Você pode amar palavras, atitudes ou aquela mania estranha que seu irmão tem de sempre revirar os olhos para pensar. Você pode amar seu trabalho, seu salário ou até mesmo aquele bar onde a galera tem que falar gritando porque a música é muito alta para que as pessoas possam se ouvir. Você pode amar seus defeitos, suas qualidades e você mesmo que é composto por todas essas diferentes formas de amar. O amor é inexplicável, mas acontece de forma surpreendente. Não tem data, hora ou telefone. Ele chega e modifica aquilo que precisa de modificação.

Algumas vezes amar dói, mas a dor sempre fica para nos dar alguma lição.

Algumas vezes amar é só uma válvula de escape de inúmeros problemas onde o amor não é suficiente para solucionar. Algumas vezes amar é um engano, mas um engano bonito e necessário. Algumas vezes amar é testar limites e descobrir que você pode ir além do que imaginava. Algumas vezes amar é brincar com a sanidade e se intitular louco, de uma maneira aceitável. Algumas vezes amar é só uma passagem de ida, sem volta. Em outros casos, amar é uma passagem de volta antecipada.

Amor é aquilo que deve ser sentido, no mais fundo da sua alma, com todo o seu coração.

amor

Créditos: Giphy.

É se permitir ouvir e ouvir o sussurro abafado da vida lhe dizendo ensinamentos que lhe guiarão para a luz. É aceitar a dor de uma forma madura e puxar uma cadeira para que ela possa tomar um chá contigo. É entender o canto dos pássaros e o rugido autoritário de um leão sem se perder entre a sutileza do voo e o ataque da caça. É saber ouvir mais e falar menos. É entender que o amor nos move e nos guia, mesmo que em meio a dores e desilusões, para o caminho da paz.

E, é por isso que se vê grudado e pichado nas paredes frases de amor, porque o mundo não pode continuar se não houver seu principal antídoto para sustentar sua essência. Amor é soma. E soma é o que nos atribui mais valor. Por isso, pedimos em poemas e músicas: Mais amor, por favor!

 

Bárbara Alessandra
Babí, 1998, capricorniana e paulista. Amante das palavras, escreve com a alma, porque capricornianos não tem coração

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

*