Amor gera amor? Verdade ou mentira?

Amor gera amor? Verdade ou mentira?
06.03.2018 Márcio Câmara
amor gera amor

Como dar amor quando o que mais sentimos falta é de ser amados?

amor gera amor

Créditos: Giphy.

Quando o assunto é relacionamento, a grande maioria das pessoas busca um parceiro, alguém com quem possa dividir a vida, os momentos de alegria e também de dor, alguém com quem possa contar nessa caminhada que chamamos de vida.

E o que mais sentimos a necessidade nessa caminhada não é falta de coisas que temos ou possuímos, mas de sentimentos. Sentimos a falta de sentimentos, de emoções que preencham o nosso estado, que completem o nosso ser, afinal de contas, somos seres emocionais.

Certa vez, recebi a seguinte pergunta de uma chiquita, como gosto de chamar as mulheres que me procuram para ajuda-las em seus relacionamentos, e dizia assim:

Márcio, tenho um namorado e estamos namorando desde 2015. Tenho percebido que meu relacionamento tem esfriado. Ele se afastou de mim e por conta disso, também me afastei dele. Só que eu não quero perde-lo, ele é muito importante para mim, eu o amo muito. O que devo fazer?”

Você consegue perceber o que está acontecendo? Em nossa vida sempre somos protagonistas, ainda que sua vida não esteja de acordo com aquilo que você quer para você.

Quando o namorado dela se afastou dela, ela também se afastou. Um sentimento gerou o mesmo sentimento na outra pessoa. E é por isso que é tão importante que sejamos conscientes das nossas emoções, da nossa inteligência emocional.

Aquilo que sentimos em nós é transmitido para o outro. As emoções são contagiosas. Você percebe isso facilmente quando começa a rir sozinha na rua e outras pessoas a sua volta também começam a rir. Ou quando você se lembra de um momento engraçado e você começa a rir sozinha. Isso nada mais é do que suas emoções contagiando as outras pessoas e suas emoções contagiando você mesma em diferentes momentos da sua vida.

Com a chiquita que me mandou essa pergunta, lhe respondi que tomasse as rédeas da vida dela, que assumisse o avião e que levasse para onde ela quisesse. Trabalhamos juntos que o amor deve ser praticado primeiramente com ela, para que, então, ela consiga dar amor ao namorado.

O que estava acontecendo no caso dela é que nem ela, nem o namorado tinham amor próprio, autoestima. Nenhum deles via valor na vida deles. Foi por isso que quando ele se afastou dela, por não ver valor na vida dele, ela também se afastou dele, por não ver valor na vida dela.

É impossível dar algo que não temos.

amor gera amor

Créditos: Giphy e Jessie J.

Para exemplificar, vejamos o seguinte exemplo: você é convidada para um aniversário e a primeira coisa que você faz é comprar um presente. Sabe por quê? Porque você não tem um presente para dar, se você tivesse um presente não precisaria comprar um. Ou seja, é impossível dar amor ao próximo se não há amor dentro de você. É impossível ser carinhosa, afetuosa, generosa, gentil ou o que quer que você queira ser, se você não é tudo isso nem com você mesma.

Quando você percebe e entende isso, você começa a ser uma pessoa amável, uma pessoa que ama, que perdoa. Você começa a se tornar uma pessoa de valor, de estima, de confiança. E então, começa a receber amor. Dessa forma começa a perceber que o amor que você dá, gera o amor que você recebe. Começa a perceber que amor gera amor. Começar a perceber que é dando que se recebe.

Bora Ser Feliz!

 

Márcio Câmara
Ajudo você, mulher, a ser segura e a tomar decisões acertadas para viver feliz no amor, no relacionamento, sem medo de ficar sozinha! Bora Ser Feliz!

0 Comentários

Deixar uma resposta